(51)3462-4800 protocolo@camaracanoas.rs.gov.br
menu
Segunda-feira, 26 de outubro de 2020
Notícias

Grande Expediente sobre o Enfrentamento à Violência Doméstica no Município de Canoas


Data: 26 de setembro de 2020
Crédito: Assessoria de Imprensa
Fotos: Aline Cruz


O Grande Expediente da quinta-feira,dia 24 de setembro, proposto pelo Vereador Aloisio Bamberg (Progressistas), através do Requerimento Nº 000142/2020. Contou com a explanação da  Diretora de Política para Mulheres de Canoas, Fabiane Xavier,  sobre o enfrentamento à violência doméstica no município de Canoas.

O Vereador Bamberg agradeceu a presença da Diretora Fabiane Xavier e a todos os Vereadores por terem aprovado por unanimidade o Grande Expediente. E também falou de como é importante a participação e a divulgação feita pela Casa Legislativa, trazendo uma aproximação maior daquilo que as mulheres passam no dia-a-dia, distante muitas vezes das principais informações e dos direitos que elas possuem.

A Diretoria de Política para Mulheres de Canoas, é o organismo responsável por articular, coordenar e monitorar as políticas municipais para as mulheres.Que visa eliminar todas as formas de violência contra e fortalecer a autonomia das mulheres, por meio da garantia do acesso a direitos e oportunidades de qualificação para inserção no mercado de trabalho.

Segundo Fabiane  Xavier a Diretoria tem um calendário de campanhas e trabalha através da Rede de Enfrentamento, que é composta por um conjunto  de ações e de serviços de diferentes setores, como na Assistência Social, na Justiça, na Segurança Pública e na Saúde, com o objetivo de ampliar e melhorar a qualidade do atendimento, identificar e dar o encaminhamento adequado às mulheres em situação de violência com a integralidade e humanização do atendimento.

A Rede de Enfrentamento de Canoas conta com a Diretoria de Política Públicas para Mulheres, Casa Abrigo Líria Espíndola, Centro de Referência para Mulheres em Situação de Violência Patrícia Esber, Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM), Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA), Foro Central e Juizado Especializado de Violência Doméstica Familiar Contra a Mulher, Defensoria Pública de Canoas, Patrulha Maria da Penha (Brigada MIlitar), Conselho Municipal de Direitos da Mulher (CONDIM), Promotoras Legais Populares (PLPs), Sala Lilás do Hospital Universitário (HU).

A Diretora Fabiane relatou que o Centro de Referência  para Mulheres em Situação de Violência Patrícia Esber (CRM). Que tem um serviço de acolhimento, orientação e acompanhamento da mulher em situação de violência é composto por uma equipe técnica com pisicóloga, assistente social e advogada, que proporcionam o atendimento e o acolhimento necessário a superação da situação em que se encontram as vítimas que procuram por ajuda, contribuindo para o fortalecimento da mulher e o resgate da sua cidadania. Conforme a Diretora o Centro ficou atendendo durante todo período de Pandemia e a Rede de Enfrentamento juntamente com a Diretoria de Política Para Mulheres fizeram diversas ações para informar e ajudar as Mulheres que precisam de atendimento, como Lives em conjunto com a Diretora de Política Para Mulheres do Estado, Bianca Feijó, para o alinhamento de informações visando repassar uma informação mais unificada para as mulheres que precisam de ajuda. A Diretoria de Canoas também repassou um Tablet, a pedido do Juizado da Violência Doméstica, para a Patrulha Maria da Penha da Brigada Militar. Segundo Fabiane Xavier, foram feitas doações de máscaras para as mulheres em situação de violência, que buscaram ajuda na Delegacia da Mulher (DEAM) e no Centro de Referência para Mulheres (CRM). Outra ação da Diretoria foi a arrecadação e distribuição de agasalhos e livros para os abrigos que atendem essas mulheres, como o abrigo Casa Lira.

Durante a Pandemia também houve a divulgação da Lei 6.346/2020, que tornou obrigatório a afixação de placas e cartazes nos prédios e condomínios residenciais com as informações para a denúncia de violência contra a mulher e também foram disponibilizados cartazes via e-mail para os condomínios que precisassem do material. A Diretoria de Política para Mulheres também lançou a Cartilha "Não Se Cale Você Não Está Sozinha", onde constam informações importantes para que as mulheres possam identificar as formas de violências e os telefones e endereços de onde procurar por ajuda, que está disponível no Site da Prefeitura, no endereço https://www.canoas.rs.gov.br/cartilhaviolenciacontramulheres/ . A Cartilha também foi entregue nos locais onde as mulheres não têm acesso a internet, através de ações conjunta entre a Diretoria e a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher, com a participação da Delegada Clarissa Demartini.

De acordo com a Diretora Fabiane Xavier, a Diretoria de Política para Mulheres trabalha em conjunto com outras Secretarias do Município, como a Secretaria de Desenvolvimento Social (SMDS), Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SMDE) e  Secretaria de Saúde (SMS), para o encaminhamento das mulheres que buscam ajuda, precisando de rancho, emprego e com problemas de saúde, sendo estas mulheres encaminhadas para o Banco de Oportunidades, através da Diretoria de Emprego, Trabalho e Renda e Formação Profissional e para Clínica de Saúde da Mulher, que também conta com a Sala Lilás para mulheres vítimas de violência sexual.

Segundo Fabiane, Canoas é referência dentro do Estado com a Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher.

A Sessão ficou registrada e pode ser acessada pelo Site, no portal da Câmara (www.camaracanoas.rs.gov.br).




topo