(51)3462-4800 protocolo@camaracanoas.rs.gov.br
menu
Sábado, 15 de maio de 2021
Notícias

Mulheres canoenses recebem prêmio Atitude Cidadã na Câmara Municipal


Data: 26 de março de 2021
Crédito: Assessoria de Imprensa
Fotos: Presidência / CMC

Nesta sexta, 26, aconteceu na Câmara dos Vereadores, a cerimônia de entrega do título Atitude Cidadã, promovida pelo Instituto Lixo Zero Brasil através das embaixadoras do programa em Canoas, Andressa Soares Barrozo e Jaíza Frias Pedroso, Engenheira Ambiental e Bióloga Sanitarista, respectivamente. A reunião contou com a presença do presidente da Câmara, vereador Márcio Freitas (PDT) e da Diretora da Escola do Legislativo, Tainara dos Anjos.

O prêmio tem o objetivo, segundo a iniciativa, “de reconhecer cidadãos que praticam o bem, que promovem iniciativas sustentáveis e demonstraram, por meio de ações locais, seu engajamento e comprometimento socioambiental, abrangendo toda a transversalidade do conceito Lixo Zero”.

As representantes do Canoas Lixo Zero acreditam que “exercer a cidadania é muito mais do que reconhecer nossos direitos e deveres, é também conscientizar-nos do nosso papel social e procurarmos fazer a diferença na construção de uma sociedade mais justa e solidária”, afirmaram. "Praticar e estimular comportamentos sustentáveis é uma forma de exercer a nossa cidadania, uma vez que estaremos colaborando para o bem-estar social, econômico e ambiental do local em que vivemos”, concluíram.

O Título Atitude Cidadã foi dado a mulheres com bons exemplos de cidadania, cada uma com sua história de vida, que acreditam e batalham por um mundo mais justo e solidário.

São elas:
Sônia Maria Soares – pela coragem de iniciar seu trabalho com a reciclagem no aterro sanitário em uma época que pouco se sabia e nada se investia em reciclagem, por ter enfrentado todas as dificuldades e ter sido uma das responsáveis pela construção da mais antiga cooperativa de reciclagem de Canoas, a Renascer, por toda a sua história de luta para sustentar sua família através de um trabalho tão nobre, mas pouco valorizado e por acreditar na importância desse trabalho para a sociedade.

Mara Rejane Costa Jobim – por seu engajamento e comprometimento com a Parceiros Voluntários, sua iniciativa com o projeto Destine Bem, que mobiliza pessoas a separarem materiais recicláveis que são convertidos em renda para projetos sociais, por seu envolvimento nas atividades do Canoas Lixo Zero e por demonstrar através de atitudes sustentáveis sua preocupação com o planeta e com as futuras gerações.

Karine Bonatto Braga – por seu trabalho com a Transformar RS, que leva alimento e acolhimento a pessoas em situação de rua e pelo seu interesse em trazer para esse projeto a causa ambiental, introduzindo atividades de educação ambiental com as crianças a ele vinculadas e sendo ponto de coleta de alguns materiais recicláveis para, em parceria com a Destine Bem e o Canoas Lixo Zero ajudarem ONGs da cidade. Além disso, os brechós promovidos pela Transformar também são uma iniciativa sustentável, que incentiva o reaproveitamento e o consumo consciente. 

Lucy Dalva Lopes de Oliveira – pelo seu trabalho socioambiental com a Associação da Horta Comunitária União dos Operários, um espaço de integração e lazer da comunidade, que possibilita a produção orgânica dentro da cidade pelos próprios moradores, incentiva a reciclagem dos resíduos orgânicos através da compostagem, gerando adubo para o próprio plantio. Além disso, os alimentos produzidos também geram renda para famílias da comunidade. A horta comunitária é um local de aprendizado, de troca de saberes, de cuidado com a natureza, que estimula a alimentação saudável e a economia solidária.

 




topo