menu
Quarta-feira, 18 de maio de 2022
Notícias

Plano de Mobilidade Urbana de Canoas é apresentado em Audiência Pública


Data: 11 de abril de 2022
Crédito: Assessoria de Imprensa
Fotos: Felipe Figueiró / Divulgação CMC

Nesta segunda-feira 11, às 14h, aconteceu na Câmara Municipal de Canoas a Audiência Pública que apresenta o Plano de Mobilidade Urbana de Canoas. A reunião foi aberta para a comunidade e questionamentos puderam ser feitos através da transmissão pelo Youlube, ou encaminhados ao e-mail institucional da Câmara ([email protected]).

Nos últimos anos, as cidades se tornaram mais conscientes de seu papel na formação da mobilidade urbana futura e mais comprometidas com a construção de alternativas mais sustentáveis e equitativas. Os municípios sempre foram atores-chave na criação de soluções de mobilidade futura e a mudança de perspectiva os viu se tornarem mais pró-ativos, conduzindo seus próprios planos de mobilidade urbana. O impulso para planos de mobilidade urbana tem sido criado pela crescente demanda por soluções sustentáveis para desafios futuros de mobilidade. A urbanização tem se acelerado a um ritmo alarmante, levando a um afluxo de pessoas às cidades e a um aumento na demanda por soluções na área. A rápida urbanização das grandes cidades, o aumento de pessoas que viajam através de aplicativos e a necessidade de soluções mais sustentáveis têm impulsionado, de forma global, para planos de mobilidade urbana nas bases.

Plano de Mobilidade Urbana é projetado para planejar as cidades para que as pessoas possam se movimentar com mais facilidade. Para tal, está prevista a abertura de novos arruamentos, o aumento das vias existentes e a melhoria da sinalização. Além disso, foram estudadas rotas preferenciais para pedestres, bicicletas, caminhões e ônibus.

Além das audiências realizadas durante o processo preparatório, o tema também vem sendo discutido e aprimorado desde o início da atual gestão do município. Em junho de 2021, o governo municipal convocou uma conferência sobre “Mobilidade e Desenvolvimento da Cidade”, que propôs um plano e contou com a presença de vários especialistas. A Lei Federal 12.587, que estabelece as diretrizes da política nacional de transporte urbano, exige que cidades com mais de 20.000 habitantes desenvolvam planos de transporte, com prazo final de aprovação até abril de 2022.

Para assistir na íntegra, acesse: https://youtu.be/jlU74-dI42I




topo