menu
Segunda-feira, 27 de junho de 2022
Notícias

Instituto Federal Campus Canoas: Câmara Municipal recebe servidores para explanar sobre atual situação da instituição


Data: 21 de junho de 2022
Crédito: Felipe Figueiró / Assessoria CMC
Fotos: Bruno Saraiva / CMC

O primeiro Grande Expediente da manhã desta terça-feira, 21, de autoria da bancada do Partido dos Trabalhadores, teve como objetivo colocar em evidência o corte de verbas e a situação atual do Instituto e, para falar sobre isso, foram convidados os servidores e servidoras do Campus Canoas do Instituto Federal de Educação - IFRS. Os vereadores receberam os professores Claudio Fernández, Leila Castillo, Romir Rodrigues e Heraldo Makrakis; e a aluna Emili Paiva.

O Campus Canoas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) foi criado pela Lei nº 11.534, de 25 de outubro de 2007, como Escola Técnica Federal de Canoas (ETFC). Com a reorganização da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, definida pela Lei nº 11.892 de 2008, a ETFC passou a compor o IFRS. No dia 27 de agosto de 2010 iniciaram, oficialmente, as atividades letivas no Campus Canoas. A unidade visa ofertar educação profissional e tecnológica, em todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas na atuação profissional nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioeconômico local, regional e nacional.

Quem falou sobre a atual situação do IFRS - Campus Canoas foram o professor Claudio Fernández e a aluna Emili Paiva, que retrataram a diminuição das verbas destinadas ao IF, bem como a redução do número e dos valores das bolsas fornecidas aos alunos. Situação esta, que segundo os representantes do Instituto Federal, acabou causando nos alunos a necessidade de escolher as aulas que comparecerão, tendo em vista a incapacidade financeira de estarem presentes em todas. Em casos mais extremos, a evasão escolar de alguns estudantes.




topo