menu
Domingo, 27 de novembro de 2022
Notícias

Em sessão ordinária, Câmara tem três Grandes Expedientes


Data: 22 de novembro de 2022
Crédito: Felipe Figueiró / Assessoria CMC
Fotos: Bruno Saraiva / Divulgação CMC

Na noite desta terça-feira, 22, a Câmara Municipal de Canoas teve três Grandes Expedientes, de autoria da vereadora Maria Eunice (PT), vereador Duarte (Republicanos) e Cris Moraes (PV); sobre o Dia da Consciência Negra, Projeto Recomeçar do Instituto Penal de Canoas e a respeito do projeto internacional Plant for the Planet, respectivamente.

O primeiro, proposição da vereadora Maria Eunice (PT), teve como objetivo explanar para os vereadores e população sobre o dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra a fim de destacar a luta das personalidades negras no município de Canoas. Para tratar do assunto, os vereadores receberam na mesa diretora Marina Silveira, Jornalista, Ativista Social das questões Étnicos Raciais e Colunista do Jornal Afro Gueto; e Gisele Vidal, professora, militante da UNEGRO, REAFRO e Coletivo Potência, Gisele é a primeira mulher negra a ocupar uma cadeira no legislativo canoense em mais de 20 anos. Nas cadeiras de honra e como homenageados, estavam presentes Maria Marlene da Rosa Gomes, Secretária Executiva do Clube Castro Alves; Irineu Conceição da Silva, vice-presidente da Sociedade Cultural e Beneficente Rui Barbosa; Levonir Roque Marcelino, Tesoureiro da Sociedade Cultural e Beneficente Rui Barbosa.

Logo em seguida, idealizado pelo vereador Duarte (Republicanos), com falas a respeito do Projeto Recomeçar, do Instituto Penal de Canoas, teve o Grande Expediente com o propósito de homenagear o programa, que contribui para a inclusão social dos apenados por meio de serviços prestados ao município e que completa 12 anos de convênio com a Prefeitura de Canoas em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul. Para trazer informações sobre o assunto, esteve presente Rodrigo Coelho, Administrador do Instituto Penal de Canoas (IPC). Nas cadeiras de honra, estiveram presentes Camila Barck e Venino Aragão de Souza.

Por último, proposto pelo vereador Cris Moraes (PV), o Grande Expediente recebeu crianças, adolescentes e professoras do sistema municipal de educação de Canoas, para apresentar para os vereadores e população o projeto Plant for the Planet (Plante pelo Planeta), que é uma iniciativa de crianças e jovens que tem como meta principal combater a crise climática global plantando árvores. Ao redor do mundo são mais de 100 mil crianças e já plantaram mais de 14 bilhões de árvores e tem a meta de chegar em 1 trilhão. Para conversar sobre o projeto, estavam presentes na mesa Beth Colombo, Secretária Municipal de Educação e Cinara Portela de Souza, Secretária Adjunta Municipal de Educação; os Embaixadores da Justiça Climática, Marina Nunes Pereira, Isabelli dos Santos Rodrigues e Leandro Souza. Nas cadeiras de honra, estiveram presentes Kesia dos Santos Rodrigues, Elisiane Nunes Pereira, Mari Lúcia Larroza, Clair do Nascimento Baséggio e Michelle Knabah.

.

PROJETOS DE LEI E REQUERIMENTOS VOTADOS

 APROVADO  - REQUERIMENTO Nº 279/2022 - Requerimento de autoria do vereador Márcio Freitas (Avante). “Votos de profundo pesar do Futebol amador de nossa cidade.".

JUSTIFICATIVA: Seu Lauro era Policial Civil aposentado participava ativamente do esporte amador aqui na cidade de Canoas onde foi por quase 20 anos Presidente do Clube Collaziol Scottá do bairro Guajuviras , atencioso e muito amigo era querido por todos na comunidade esportiva, com um carinho e cuidado todo especial com o gramado e dependências esportivas do Clube . Aos familiares e amigos, o nosso fraterno abraço com os votos de profundo pesar, e irrestrita solidariedade pela triste e irreparável perda. O signatário requer que seja dada ciência do ato a Diretoria do Clube Collaziol Scottá e a Diretoria da Liga Canoense de Futebol.

.

 APROVADO  - REQUERIMENTO Nº 282/2022 - Requerimento de autoria do vereador Abmael (Solidariedade). “Jose Odimar Tomaz proprietário da Construtora Tomaz Incorporações de Imóveis Ltda, antes trabalhou por 10 anos na empresa Capão Novo e na Star Química. Deixou 03 filhas: Carolina, Daniela e Vitória. Um homem dedicado ao trabalho, integro e um grande amigo. Lamentamos profundamente sua precoce partida e prestamos os votos de pesar, deixando registrado os nossos sentimentos aos familiares e amigos.".

.

 APROVADO  - REQUERIMENTO Nº 283/2022 - Requerimento de autoria do vereador Cris Moraes (PV). “Solicita espaço no Grande Expediente com data a ser aprazada para entrega do Selo Empresário Amigo dos Animais.".

JUSTIFICATIVA: O intuito do Grande Expediente é homenagear empresários do nosso município que dedicam parte do seu tempo a ajudar a causa animal de alguma forma. Serão homenageados os seguintes empresários: - GRAW - Marian de Moraes Michelon & Raquel de Moraes Michelon; DICK - Márcia Freitas - VET. SÃO LUCAS - Diego Luccas; ARTCO - Matheus Tomaz - BARBEARIA LA TAPA - Patrick Kepka - OLHA ELA - Nathalia A ndre Guetto - MD - Daniel Wouters - BARREL - Juliana Vieira - POLLYANA VIDROS - Marli Arriera - VÍCIO DE PRATA - Marcela Dartora - BAR SECRETO - Andrea Brito - VET COMPANY - Ilana - CAPIM BURGER - Charles Peixoto - SALÃO PET - Simone Ávila - AGROPET MOINHOS DE VENTO - Maria Helena Fornalski de Souza.

.

 APROVADO  - REQUERIMENTO Nº 285/2022 - Requerimento de autoria do vereador Abmael (Solidariedade). “Solicita a inclusão na ordem do dia do projeto de lei legislativo nº 35/2022 de minha autoria que institui a semana Municipal da bíblia manuscrita no Município de Canoas.
".

.

 APROVADO  - PROJETO DE LEI DO LEGISLATIVO Nº 35/2022 - Requerimento de autoria do vereador José Carlos Patricio (Progressistas). “Denomina Rua Nelcyr Mancy, o lado impar da Rua Mauro Ferreira Marques, que inicia na Rua Rio dos Sinos seguindo no sentido norte, com a extensão de aproximadamente 113m, Finalizando na Rua Engenheiro Kindler.".

JUSTIFICATIVA: O Projeto se justifica, eis que segundo o último senso do IBGE aproximadamente 21% da população canoense se denomina evangélica e 59% se denomina católica apostólica romana, a somar trata-se de livro histórico, a bem da verdade o mais antigo do mundo e de extrema relevância cultural. Para os cristãos, a bíblia é o livro sagrado e norteador da vida, a experiência de criar uma bíblia manuscrita é inspiradora e remete de forma grandiosa aos nossos antepassados que igualmente atuaram como copistas para que ela fosse preservada ao longo dos séculos. A Bíblia Sagrada, além de ser o livro mais antigo, lido e vendido do mundo. É o livro cuja regra de sua existência está baseado na fé e em seu conteúdo histórico. Escrita há mais de 2.000 anos, seus assuntos permanecem pertinentes e atuais. Na Bíblia existem 66 livros no total, estando divididos em: • 39 livros no Antigo Testamento; 929 capítulos e 23.146 versículos • 27 livros no Novo Testamento; 260 capítulos e 7.957 versículos Os livros do Antigo Testamento são os livros que correspondem ao período antes de Cristo, já os livros do Novo Testamento foram escritos após o ministério de Jesus. A Bíblia contém 31.173 versículos, 1.189 capítulos, 66 livros e aproximadamente 40 escritores. O livro sagrado foi escrito em diferentes épocas, as quais se unificam de maneira espetacular. Copiá-los possivelmente será para todos os envolvidos uma experiência extraordinária, de beleza ímpar. As várias ações previstas se darão da seguinte forma: Haverá pontos estratégicos nos espaços culturais, bibliotecas, escolas, centros comunitários, igrejas e empresas, sob a responsabilidade e supervisão de monitores voluntários que orientarão como deverá ser o procedimento da escrita, bem como conduzir e guardar os documentos. O local onde for realizado a ação deverá ter o espaço adequado para que seja escrito o texto com conforto e comodidade, tendo o escritor calma e tempo para dar a atenção que merece o texto Sagrado. Poderão participar do Projeto: Como “COPISTA”, se dirigindo a um ou mais (locais) e escrevendo pelo seu punho uma parte das Sagradas Escrituras. Como “VOLUNTÁRIO”, podendo ajudar na montagem e funcionamento do local e na divulgação da iniciativa no seu bairro. Como “PATROCINADOR”, individualmente, como igreja, empresa ou instituição, apoiando na montagem do projeto e a sua divulgação através de publicidade. O objetivo da instituição da semana da Bíblia Manuscrita, será de proporcionar a toda organização não governamental, que tiver interesse, uma experiência de revisitar, pela escrita à mão as Sagradas Escrituras, na forma de copista, para desta forma estimular o conhecimento histórico e cultural do texto bíblico. A versão da Bíblia a ser usada na transcrição manuscrita será a tradução NTLH (Nova Tradução da Linguagem de Hoje), em português. A implantação das atividades na semana serão desenvolvidas pelas entidades não governamentais que tiverem interesse, a ocorrer em pontos estratégicos do Município de Canoas, para a referida transcrição. O resultado desta atividade será a transcrição de 01 (uma) cópia da Bíblia a ser encadernada em parceria com a Sociedade Bíblica do Brasil. O Poder Executivo poderá participar de atividades em que houver interesse público, sem qualquer ônus a Administração. Eventual participação do Município se dará por meio da Secretaria Adjunta de Integração Institucional, da Secretaria Municipal de Relações Institucionais e ainda, eventuais despesas na execução das atividades propostas por esta lei correrão por conta das entidades que a esta se associarem. Deve ainda o texto ser verificado pelo monitor para que não haja nenhum versículo fora de sua ordem no texto original que está sendo escrito. Após a conclusão da cópia da Bíblia, a Sociedade Bíblica do Brasil encadernará o volume do livro, que será entregue à Biblioteca Pública do município de Canoas, para que seja guardado como documento dos canoenses. Sendo assim, Canoas por ser um município que valoriza a cultura, as tradições e costumes, bem como respeita e inclui todas as crenças, pensando em uma forma de participação e inclusão de todos, propõe: a criação da Semana da Bíblia Manuscrita, para construção de um documento histórico para a nossa cidade, buscando fortalecer valores, construir história e valorizar a literatura bíblica como livro de todos independentemente de religião ou credo.




topo